vacina_contra_a_falencia.jpg

Vacina Contra A Falência

Categoria: 

Um dos meus maiores objetivos como profissional é compartilhar meus conhecimentos e aprendizados com outras pessoas. Dessa forma, acredito que poderei ajudar mais e contribuir para que a cada dia mais alguém alcance a sua realização própria através do empreendedorismo e do próprio esforço.

Então, sem dúvidas, um dos melhores jeitos de auxiliar alguém é dar uma vacina contra erros! Por isso, listei aqui os erros mais comuns cometidos por novos empresários, assim você poderá ficar imune a eles.

Preste muita atenção e veja se você não está cometendo algum deles. Caso esteja, pare imediatamente e mude sua maneira de se comportar e, caso necessário, mude o modo como você tem administrado sua empresa, também.

(Ah, apesar desses erros serem mais comuns entre iniciantes no mundo dos empreendimentos, é possível que empreendedores já experientes também os cometam. Por isso, deixe o orgulho de lado e faça uma autoanálise sincera e humilde. Com certeza, isso irá lhe ajudar – e muito! – na hora de traçar novas metas para o seu projeto.)

Confira abaixo a lista completa:

1. Gastar mais do que realmente está ganhando: esse é um erro clássico de pessoas inexperientes e também o maior responsável por levar negócios promissores a falência;

2. Não controlar o fluxo de caixa: esse erro pode levar ao primeiro, já que sem um controle adequado, você não terá como saber quais valores realmente estão entrando e saindo do seu caixa no dia a dia;

3. Fazer investimentos em excesso: esse comportamento pode comprometer seriamente a vida financeira do seu negócio e colocá-lo em grandes problemas como endividamento precoce e mesmo perda de dinheiro devido ao rendimento baixo de investimentos malsucedidos;

4. Não ter disciplina nas tomadas de decisões: a falta de disciplina no próprio negócio certamente te levará por um caminho sem volta, a falta de controle sobre a própria empresa;

5. Não poupar e/ou não ter um fundo emergencial: acreditar que o dia ruim nunca chegará para você pode ser sinal de ingenuidade, mas também é um traço marcante da inexperiência. Por isso, ouça esse conselho e previna-se: destine uma parte dos ganhos para a reserva de capital, assim seu negócio terá uma margem de segurança ainda maior;

6. Deixar de pensar sistematicamente: nunca faça isso. Tenha sempre em mente que seu negócio é muito parecido com um organismo vivo. Ou seja, todas as partes que o compõem estão interligadas e são interdependentes. Então, busque dar atenção a todos os setores, desde o financeiro até o de treinamento.

7. Não negociar com os envolvidos nos processos: outra atitude extremamente prejudicial para todos. Se houve algum problema, seja na própria empresa ou com fornecedores e serviços terceirizados, busque um diálogo. Converse com os envolvidos e tente sempre entra em um acordo que beneficie a todos.

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...