terceira_idade_um_mercado_que_so_tende_a_crescer

Terceira Idade: Um Mercado Que Só Tende a Crescer

Categoria: 

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) estima que existam 15 milhões de pessoas maiores de 60 anos no Brasil, o que corresponderia a 14% da população adulta. Segundo a consultoria Quorum Brasil, esse público tem cerca de R$ 2,5 bilhões de renda própria e, dessa maneira, ainda influenciam diretamente as decisões financeiras de suas famílias.

Para 2020, a projeção é que existam mais de 30 milhões de brasileiros nessa faixa etária. Um crescimento que promete abrir cada vez mais oportunidades para mercados focados na terceira idade.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os idosos têm se mantido ativos por muito mais tempo. Independentes e livres da criação dos filhos, eles podem voltar seus gastos para si próprios.

Entre as áreas mais promissoras do mercado da terceira idade é a da saúde. O motivo é simples: segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em 2041, a expectativa de vida do brasileiro será de 80 anos de vida. E, quanto mais as pessoas envelhecerem, mais problemas de saúde relacionados à velhice elas apresentam.

Não é preciso esperar 2041 chegar para saber que negócios ligados ao bem-estar da terceira idade estão em alta. Por exemplo, a OMS revela que 15% dos brasileiros têm problemas auditivos – um mercado amplo para empresas como a Direito de Ouvir Amplifon.

Por isso, confira algumas dicas para conquistar esse mercado consumidor:

Ofereça serviços e produtos de qualidade – Os consumidores da terceira idade estão mais exigentes. Segundo uma pesquisa do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito), 52% dos idosos entrevistados disseram que davam mais valor à qualidade dos produtos, mesmo que fosse preciso pagar mais caro por isso.

Bom atendimento e modernidade devem ser aliados – A mesma pesquisa do SPC revelou que 7% dos idosos já compraram pela internet. É um número pequeno, mas indicativo de que essa faixa etária não está totalmente desconectada das facilidades que a compra virtual oferece. Independentemente da forma de negócio, o bom atendimento é sempre fundamental.

Respeite a inteligência do seu público – Não pense que a idade fará com que o seu público não saiba o que quer. Os idosos estão cada vez mais conscientes de seus direitos e da força que têm no mercado de consumo.

Cative e atenda às necessidades – Os consumidores da terceira idade reclamam que faltam produtos destinados a eles. Atender plenamente suas necessidades é oferecer um atrativo a mais para que fidelizá-lo em seu negócio.

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...