saia_da_zona_da_mediocridade.jpg

Saia da Zona da Mediocridade

Categoria: 

Pode parecer estranho à primeira vista, mas o fato é que tentar e fracassar é uma parte extremamente importante da vida de inúmeros empreendedores bem-sucedidos.

Steve Jobs, James Dyson, Mary Kay, Howard Schultz, Richard Branson e muitos outros amargaram o fracasso em algum ponto de suas carreiras, geralmente logo no inicio delas. Contudo, isso não os impediu de seguir em frente e se tornarem grandes referências no mundo dos negócios.

Certamente, o início de um projeto quase sempre é o período mais complicado de sua existência. E é justamente aí que costumamos encontrar o nosso pior inimigo em sua melhor fase, seja para melhor ou para pior, afinal de contas o nosso pior inimigo somos nós mesmos.

Por isso, existe sempre essa ambiguidade: quando estamos bem, nosso inimigo também está. Portanto, fica claro porque é necessário que superemos a nós mesmos a todo momento!

Mas como fazer isso na prática?

A única forma para superar seus próprios medos e limites é através da dedicação. E isso pode ser levado ainda mais além. Segundo o neurocientista K. Anders Ericsson, da Universidade Estadual da Flórida, nos EUA, a dedicação é o que diferencia experts de amadores.

Ou seja, o tempo que você investe para melhorar em uma atividade é proporcional a sua eficácia em realizá-la.

Claramente, questões físicas importam. Mas, sem dúvidas não são elas que impedirão que você se torne o melhor! O que fará isso são os seus pensamentos e a forma como você encara as situações do seu cotidiano. Deixar-se ser abalado por alguns “nãos”, por fracassos nas vendas ou por decepções das mais variadas não levará ninguém ao sucesso.

Anders afirma também que existe uma espécie de “Zona da Mediocridade” entre os experts e os amadores. Para ele, os amadores são aqueles que superaram as dificuldades iniciais e alcançaram um nível confortável de habilidade na realização de determinada tarefa, porém essas pessoas poderiam ir além, mas optam por continuarem nessa zona de conforto, que acaba por se tornar a “Zona da Mediocridade”.

Os experts fazem justamente o que falta aos amadores: eles vão além! Se dedicam mais, se esforçam mais e buscam a todo momento superar a si mesmos.

São essas atitudes que farão com que você supere o seu pior inimigo, os fracassos e alcance um nível de excelência naquilo que você faz. E o que irá te motivar a fazer tantos sacrifícios para se tornar um expert? Não há dúvidas, a sua motivação será o seu amor por aquilo que faz. Portanto, lembre-se de se dedicar a algo que te realize verdadeiramente, pois somente assim você se sentirá instigado a ir mais longe!

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...