Conheça a Cultura organizacional do MODO!

Uma empresa precisa se entende como um corpo, pois assim como um corpo há um MODO de viver e como um corpo um  MODO de se cuidar.

É por isso que nas minhas empresas usamos o que chamamos de cultura do MODO. Um corpo perfeito tem imperfeições, alguns com ou sem limitações, mesmo que você use mais a mente que o corpo, ela precisa de um corpo para existir, ou seja, é o corpo o veículo que permite que exista vida e não a mente.

O corpo tem um MODO de funcionar, controlando 13 sistemas que existem dentro dele, isso independente da intervenção da mente. Ele possui sua própria mente, porque a mente está presente por todo o corpo, e em cada órgão há um operador de função que age de um MODO.

Como se observa o corpo é um complexo de partes que interagem entre si e que colaboram para que a vida possa exaurir, foi “projetado” para funcionar desta maneira, para nos possibilitar realizar coisas extraordinárias fora dele, enquanto ele realiza tarefas extraordinárias dentro de si mesmo.

Deste MODO, entendemos que os colaboradores(Internos e Externos) são a parte que compreende toda essa composição perfeita, que representa a identidade a partir do que concluímos sobre o que é em relação aos outros, de MODO  a entender que são diferentes uns dos outros, muitas vezes com MODO e função iguais ou diferentes dentro do corpo, mas com desempenho individuais, o rim esquerdo por exemplo não processa as impurezas do organismo como o rim direito, a perna esquerda não chuta tão bem quanto a direita, a mão direita não escreve tão bem como a esquerda, mas todos são capazes e fazem parte dele, da mesma forma que há pessoas que são capazes de pintar com a boca a até escrever com os pés.

No corpo, os órgãos tem um compromisso implícito do que fazer, sabe o que não fazer, quando fazer, o que aprender, onde cuidar e que cobrir a necessidade de outro órgão do sistema é evitar que todo corpo se de mal.

Inteligentemente o órgão tem um MODO de aceitar isso, acreditando que está fazendo algo vital para sua sobrevivência e não um favor para o corpo. Ele sabe que pode ficar sobrecarregado e até parar de funcionar, mas sabe que isso é uma responsabilidade momentânea, e mesmo não sendo sua faz.

Então, aceitar fazer parte do corpo é aceitar o MODO como a mente pensa, qual seja estar disponível diante da necessidade, competência e exigência do corpo.

É a mente que “sábia-mente” tem o MODO, a capacidade de regular isso e determinar quem pode cobrir o imprevisto daquele órgão, por isso sem mente não a corpo, “sem corpo não há vida”

Além disso para dar conta da demanda de um dia de vida, o corpo precisa respeitar regras e o MODOs e ter cuidados para ter um bom funcionamento e saber que se não cuidar do MODO certo, ele vai depreciar e pode até morrer.

O bom é que os elementos do corpo fazem a manutenção, sabem o que fazer para viver mais neste corpo tão precioso, já que este é o veículo fabuloso que o dá a vida.

Para cuidar deste corpo é preciso um MODO de vida e ter alguns cuidados fundamentais:

  • Manter-se em movimento, e o segredo, é não ficar parado nesta existência, pois as juntas precisam trabalhar e os músculos, se esticar.
  • Hidratar-se com uma boa água é vital, o corpo é composto de 70% de água, não se pode esperar ficar com sede para beber água. Sede pode ser um alerta de desidratação.
  • Respeitar a importância de dar ao corpo o tempo necessário para amadurecer, aprender e reestabelecer a energia gasta. Mais importante que o sono é a qualidade dele, e sabemos que o quanto é importante para a recuperação das forças e da disposição para o dia seguinte.
  • Alimentar-se com o que realmente irá nutri-lo, não buscar só os sabores mais palatáveis que nos enganam, é necessário se adaptar com a tomada de consciência dos benefícios e malefícios.
  •  Mantenha-se positivo, cultivar a autoconfiança, a autoestima na mente do corpo faz perseverar.
  • Respirar, até isso precisa ser feito corretamente para usar a capacidade pulmonar.

Qualquer semelhança de uma empresa com um corpo, não é mera coincidência…

Assim como o seu corpo, a empresa só existe porque tem seu MODO, seu sistema, órgãos, funções e consequentemente sua cultura.

Se observarmos qualquer grupo de pessoas sujeito a isolamento e a influências específicas desenvolve, um MODO particular de ver a realidade, interpretá-la e reagir a ela, um MODO especial de se comunicar dentro do grupo ou com o mundo exterior. Isto não vale só para uma empresa, mas para um país inteiro, criando condições ambientais únicas, isso é “cultura organizacional”.

Sejam bem vindos a Cultura Organizacional do MODO!

prevenir-melhor-remediar

Prevenir é Melhor Que Remediar

Se você possui funcionários reclamões, mostre esse texto a eles. Ou melhor, mostre esse texto para toda a sua equipe, já que falarei sobre os efeitos negativos de ficar remoendo erros ou equívocos ocorridos no local de trabalho.

Já é senso comum que ninguém gosta de ficar perto de pessoas negativas, que somente enxergam o lado ruim dos acontecimentos e muito menos daqueles que passam o dia todo reclamando. Porém, esse tipo de comportamento não é prejudicial somente aos que estão ao redor, mas também para aqueles que possuem esses vícios.

preco-alta-rotatividade

O Preço da Alta Rotatividade

Os funcionários não param na sua empresa? Talvez esteja na hora de você começar a repensar esse problema!

Ter uma alta rotatividade de funcionários pode custar mais do que investir em benefícios, política de remuneração e em um ambiente de trabalho agradável. Isso porque uma demissão tem vários custos colaterais: o acúmulo de serviços para os colegas que ficaram, a falta de cumprimento dos prazos, piora no atendimento ao cliente entre outros.

competitividade-pode-trazer-prejuizos

Competitividade Pode Trazer Prejuízos

Ter espírito competitivo é uma das principais características para empreendedores e pessoas que buscam ser bem-sucedidas em suas carreiras profissionais. Além disso, a competição faz parte do nosso dia-a-dia e está presente nas mais diversas esferas das nossas vidas.

É muito provável que na sua empresa sejam utilizados mecanismos de recompensa como bônus, gestão de performance e incentivos a comportamentos adotados pelos profissionais para se destacarem junto aos colegas.

dormir_pouco_tem_um_custo_enorme.jpg

Dormir Pouco Tem Um Custo Enorme

Não é de hoje que sabemos que a pressa é inimiga da perfeição. Contudo, vemos que ultimamente a pressa tem sido muito mais valorizada. O imediatismo do cotidiano tem tomado conta das nossas atitudes. E você sabe o que isso significa para a sua empresa ou trabalho?

Significa mais problemas com soluções cada vez menos criativas e eficientes. O que inevitavelmente leva a um impacto negativo sobre as finanças.

empreendedor-principios.jpg

3 Características Básicas de Um Bom Líder

Ser empreendedor é uma tarefa que exige o máximo de qualquer pessoa. Ser um líder, também. Por isso, são duas características que estão muito ligadas uma a outra. Porém, existem certos paradigmas que circundam o papel do líder e, que quando são entendidos de maneira errônea, podem causa diversos problemas. Veja abaixo as principais características de um bom líder:

1. Liderança é relacionamento

transforme-o-ambiente-da-sua-empresa.jpg

Transforme o Ambiente da Sua Empresa - Para Melhor

Você sabe qual tem sido a motivação dos seus funcionários? No artigo “Tenha Um Time Engajado”, eu falo sobre como conseguir que as pessoas ao seu redor se engajem nos projetos da empresa. Mas, sem dúvidas, para que isso aconteça é preciso que elas estejam verdadeiramente motivadas.

Recentemente, uma pesquisa feita no mundo todo com mais de 3,6 mil pessoas pelo CFA Institute mostrou que, entre os profissionais brasileiros do setor financeiro, o clima de motivação não anda muito bem das pernas.

tenha_um_time_engajado.jpg

Tenha Um Time Engajado

Como anda a participação dos seus funcionários na sua empresa? Se o seu empreendimento segue as tendências mundiais, certamente ele está se encaminhando para um cenário parecido ao de uma “empresa zumbi”!

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituo Gallup, o número de trabalhadores brasileiros que não estão engajados com suas empresas já chegou aos 78%. Isso demonstra o nível de insatisfação dos funcionários para com o ambiente em que passam a maior parte de seus dias.

a_felicidade_esta_na_caminhada_0.jpg

A Felicidade Está Na Caminhada

Para alguém que é jovem, começar um negócio pode ser um desafio ainda maior do que para alguém mais velho e com mais experiência. Fatores como maturidade, estrutura familiar e experiência profissional certamente influenciam diretamente o comportamento dos empreendedores, tanto para um melhor desempenho quanto para um pior.

sua_carreira_esta_estagnada_-_saiba_o_que_fazer.jpg

Sua Carreira Está Estagnada? - Saiba O Que Fazer

Você está satisfeito no lugar onde se encontra hoje? Responder esta pergunta de supetão pode te levar a cometer alguns equívocos, seja pelo medo de assumir que a resposta é negativa, seja pelo receio da reação de outros.

Por isso, reflita um pouco e não tenha medo de ser autocrítico. Para te ajudar nessa reflexão, separei algumas dicas. Confira abaixo:

Sua Reação Ao Acordar Pode Ser Um Sintoma

Você acorda sem ânimo e seus dias no trabalho passam como filmes repetidos, sem alteração alguma? E o pior, você já não tem mais interesse em mudá-los?

como_lidar_com_a_nova_geracao_0.jpg

Como Lidar Com A Nova Geração

Atualmente, o padrão de comportamento dos funcionários mais jovens de qualquer empresa se destoa claramente daqueles mais velhos. Isso é consequência da entrada da chamada geração Y no mercado de trabalho. No entanto, as diferenças se tornam ainda mais gritantes (e potencialmente problemáticas) no relacionamento dessa geração com seus líderes e chefes. Por isso, chefiar uma equipe de pessoas jovens pode se tornar um grande desafio, caso o líder se deixe levar por todos os estigmas que cercam esses novos profissionais.

Páginas

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...