dicionario-do-empreendedor

Dicionário do Empreendedor

Categoria: 

Saber interpretar termos técnicos pode parecer bobeira para quem está começando agora no mundo do empreendedorismo. Mas para quem já é mais experiente (e, por isso, já tomou vários tombos por não os entender) a boa compreensão dessas palavras é essencial.

Justamente por isso, hoje trago um pequeno dicionário de termos que causam muita confusão na vida de diversos empreendedores, veja abaixo:

Faturamento

Faturamento é o montante financeiro que entra no caixa da empresa em determinado período de tempo, contabilizado a partir de vendas dos seus produtos e/ou serviços. Quando está em alta, revela que todos os esforços destinados ao aumento de participação em determinado mercado, proveniente das vendas, estão no caminho certo.

Lucro

Lucro é o montante financeiro que sobrou daquilo que foi faturado, deduzidas todas as despesas operacionais e tributárias destinadas à produção e à venda, as quais a empresas tem que pagar. Essas despesas, conhecidas também como obrigações, são: salários, aluguéis, água, luz, telefonia, manutenções e todos os impostos diretos e indiretos.

Capital de giro

São os recursos financeiros utilizados para cobrir os custos do dia a dia da empresa e para sustentá-la entre o pagamento de despesas e o recebimento da receita de clientes.

Captação de recursos

Obter investimentos, o que pode ser feito por meio de empréstimos bancários, agências de fomento, fundos de investimentos ou investidores-anjos.

PME

É a sigla para pequenas e médias empresas. Uma pequena empresa possui de dez a 49 funcionários. Já uma empresa de médio porte possui entre 50 e 249 funcionários.

ROI

Sigla da tradução de ‘Retorno Sobre Investimento’, corresponde a um percentual da quantidade de dinheiro ganho em relação à quantidade de dinheiro investido.

Leia também:

10 Expressões Para Afinar o Seu Inglês

7 Dicas Para Novos Empreendedores

Mantenha-se Atual No Mercado

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...