competitividade-pode-trazer-prejuizos

Competitividade Pode Trazer Prejuízos

Categoria: 

Ter espírito competitivo é uma das principais características para empreendedores e pessoas que buscam ser bem-sucedidas em suas carreiras profissionais. Além disso, a competição faz parte do nosso dia-a-dia e está presente nas mais diversas esferas das nossas vidas.

É muito provável que na sua empresa sejam utilizados mecanismos de recompensa como bônus, gestão de performance e incentivos a comportamentos adotados pelos profissionais para se destacarem junto aos colegas.

No entanto, a competitividade excessiva pode ser extremamente prejudicial para você e para o seu ambiente de trabalho. Isso é o que aponta uma pesquisa realizada pela parceria entre London Business School, PwC e Banco Mundial e publicada recentemente na Harvard Business Review.

Através deste estudo feito com 204 funcionários de empresas dos mais variados setores, foi possível estabelecer uma conexão entre políticas de incentivo a competição interna de funcionários e comportamentos criativos ou antiéticos.

Sendo que, um comportamento criativo é aquele que busca a solução dos problemas através de novos processos e tecnologias. Enquanto, um comportamento antiético é aquele que prejudica os colegas ou recebe créditos indevidos.

De acordo com os pesquisadores, a adoção de tais comportamentos depende majoritariamente do modo como a competição é apresentada aos funcionários pela liderança da empresa: quanto mais empolgação ela causa, mais os funcionários tenderam pela criatividade, quanto mais ansiedade, mais eles tenderam por práticas antiéticas.

Essa preocupação fica mais clara ao se analisar os resultados do experimento realizado com 475 gerentes. Segundo os pesquisadores, o modo como as mensagens são passadas influenciam diretamente na maneira como os funcionários receberão tais informações. Essa conclusão foi obtida através da observação das reações dos funcionários a uma simples notícia: a consequência de se alcançar um resultado positivo no fim do mês.

Em um primeiro momento, analisou-se a reação deles a frase "conseguir ficar entre os melhores resultará em receber um bônus significativo neste mês", e em um segundo momento a frase "não ficar entre os melhores fará com que você perca um bônus significativo neste mês".

A positividade exposta na primeira sentença, já foi suficiente para gerar empolgação, e os funcionários que a ouviram tenderam a adotar práticas criativas. Já no segundo momento, ocorreu o contrário. A negatividade gerou ansiedade e os funcionários que a ouviram tenderam a práticas antiéticas.

Isso deixa claro que motivar sua equipe e manter um comportamento ético no seu ambiente de trabalho dependem diretamente da maneira como as mensagens são passadas. Sendo assim, opte pelo respeito e evite fazer com que seus colaboradores tenham medo da sua liderança. Essa prática certamente melhorará o ambiente de trabalho e favorecerá uma grande melhora nos resultados da sua empresa.

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...