como-nunca-fracassar

4 Dicas Para Você Nunca Fracassar

Categoria: 

Qual comportamento você tem tido em relação a sua vida e carreira?

Refletir sobre essa pergunta é sempre essencial para nos darmos conta se estamos comprometidos com o nosso sucesso ou com o nosso fracasso.

Principalmente, se você for do tipo que fala muito, mas realiza pouco. Afinal de contas, o que importa são as atitudes que você toma e os resultados que elas produzem.

Hoje em dia é comum encontrarmos empreendedores cheios de vaidade e que buscam uma vida tranquila e sem esforço. Acreditam que alcançarão um nível de estabilidade que os permitirá descansar durante todos os dias.

Só tenho uma coisa a dizer a esses sonhadores: acordem!! A vida de um empreendedor será sempre corrida, cheia de compromissos e sempre pedirá nossa total atenção. Caso contrário, o fracasso é certo!

Então, se fracassar é o seu objetivo, siga estas quatro dicas, mas se você está 100% comprometido com o sucesso, passe bem longe delas!!

 

1. “Eu sei o que estou fazendo”

Profissionais com essa mentalidade perdem espaço para aqueles que têm o foco direcionado para a experimentação e visão sistêmica. Ganham destaque pessoas que topam experimentar novas maneiras de fazer as coisas e que consigam perceber como mudanças na rota afetam o todo da operação.

 

2. “Vamos tentar de novo desse mesmo jeito”

Sem consciência da velocidade de mudança, insistir em caminhos antigos ainda que eles não funcionem mais é outra atitude prejudicial para sua carreira. Se não traz mais resultado, o melhor é tomar outro rumo.

 

3. “Vai ser assim, porque eu quero”

É o medo de não possuir as competências necessárias para percorrer novas trilhas que leva inúmeros profissionais a adorar o que já conhecem. Executivos identificados com poder, comando, controle, ego e vaidade tendem a decretar sua vontade sem pensar no que é melhor para o negócio e/ou para os próprios colaboradores, por isso, vão fracassar. Está mais ajustado à atualidade quem é nutrido pelo novo e se preocupa em ser um líder genuíno.

 

4. “Não olho à minha volta”

O contrário desse comportamento é ser aberto, consciente e questionador. Nesse caso, é grande a importância da capacidade de aprendizado, principalmente num mundo de rupturas tecnológicas. Atualmente, a adaptabilidade e a capacidade de aprendizado fazem parte de um “pacote de competências” que todo profissional deve ter.

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...