dicas-para-melhorar-negocio

Seu negócio vai mal? Saiba o que fazer!

Categoria: 

Uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com o SEBRAE apontou que 33% dos negócios abertos em 2014 não estarão mais em funcionamento até o último dia de 2016. Com a crise econômica, muitos negócios realmente não sobreviveram ou andam mal das pernas. Para empreendedores que se encontram nessa situação,  dúvidas são comuns: o que fazer para salvar meu empreendimento? Melhor fechar ou mudar de ramo?

O primeiro passo...

É não se deixar tomar pelo desespero. Se as coisas não estão dando certo, é preciso colocar a cabeça no lugar. De nada adianta entrar no ciclo de ansiedade e estresse provocado pela empresa que não se paga, a tensão na equipe, cobranças, falta de sono, brigas e desentendimentos.

Dessa maneira é praticamente impossível buscar decisões de forma crítica – e é isso que o seu negócio precisa nesse momento. Como levar o negócio adiante quando tudo parece ir mal? Confira as dicas:

1 – Mantenha o foco

Quando um negócio vai mal é comum que o empreendedor pense que ampliar o leque de produtos e serviços pode ajudar a alavancar o faturamento. Isso é um engano que pode ajudar a empurrar ainda mais a empresa para o buraco. Diversificar produtos e serviços em um momento de crise pode significar perda de foco e dinheiro. O ideal é melhorar o que já se tem e só depois buscar diversificação.

2 – Reveja suas metas

Reveja metas e estratégias da empresa. Isso é fundamental para ver o que funciona, o que não funciona e planejar os próximos passos. Tente olhar para os números de outra forma, estabeleça objetivos de curto prazo, por exemplo.

3 – Trabalhe com a realidade

Afaste-se dos excessos: tanto de otimismo quanto de pessimismo. Trabalhe com a verdade, números reais, a situação nua e crua. Pare de buscar informações para justificar pontos que você acha importantes. Use dados reais para estabelecer um retrato fiel da realidade da sua empresa. A partir daí fica mais fácil fazer uma autocrítica e planejar o que pode funcionar no futuro para melhorar o desempenho da empresa e nortear decisões importantes.

4 – Conte com o ponto de vista da sua equipe

Em muitos casos, quando a empresa não vai bem, a última coisa que o empreendedor leva em consideração é a opinião de sua equipe. Mas de nada adianta contratar um coach para analisar o mercado se não ouvir quem está ali no dia a dia. Dê atenção para o que a sua equipe diz, estimule seus colaboradores a dizer o que pensam – mesmo que isso vá na contramão do que você pensa. Eles podem enxergar problemas que você não viu.

5 - Cuide da sua saúde mental

Em meio ao turbilhão de emoções que o processo de tentar reerguer um negócio envolve, tente manter sua sanidade mental. Busque atividades que funcionem como uma válvula de escape para as tensões do dia a dia. É como as máscaras de oxigênio dos aviões: para ajudar os outros - sua empresa, no caso - você precisa colocar a máscara primeiro em você. 

Saiba mais

Lições que o fracasso ensina

23 frases inspiradoras

Na crise, crie! Como lidar com a crise

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...