cinco-erros-que-prejudicam-o-sucesso-da-sua-franquia

Cinco Erros Que Prejudicam o Sucesso da Sua Franquia

Categoria: 

As franquias se tornaram um modelo de negócio muito procurado pelos empreendedores brasileiros. Mas antes de decidir investir neste tipo de negócio é necessário ter alguns cuidados. Para que o empreendimento seja lucrativo, é preciso evitar algumas armadilhas, que podem ser entraves para o sucesso da franquia. Confira:

Não Avaliar A Fundo A Franqueadora

Muitos empreendedores se empolgam com os dados iniciais de um negócio e se esquecem de avaliar a seriedade da empresa franqueadora. Ser associada à entidade representativa, a ABF (Associação Brasileira de Franchising), é um ponto essencial porque significa que a empresa pratica o franchising de acordo com a legislação em vigor atualmente. Outro ponto importante é falar com franqueados e ex-franqueados sobre o negócio. Também é necessário levantar a situação financeira da empresa franqueadora. Procure órgãos governamentais e entidades comercias para obter essas informações.

Deixar a franquia 100% nas mãos de outro administrador

Por mais competente que seja o administrador, é fundamental que o proprietário acompanhe constantemente sua própria franquia. No dia a dia podem acontecer situações que necessitem de um alinhamento rápido entre o gerente e o proprietário da franquia. Se o dono não puder estar presente o tempo todo no negócio, deve estabelecer um canal com seu funcionário para que pendências não prejudiquem o empreendimento.

Não prestar a devida atenção à COF

A COF (Circular de Oferta de Franquia) é um documento entregue pelo franqueador para análise do candidato a franqueado. Normalmente, o empreendedor tem 20 dias para considerar o documento. Por ser fundamental para o negócio, o procedimento ideal seria submetê-lo a um advogado, para que esse indique pontos que podem gerar prejuízo para o franqueado. Mas muitos empresários fazem uma análise superficial e assinam a circular praticamente no escuro. O que pode gerar inúmeras complicações no futuro.

Mudar regras e padrões sem consultar a franqueadora

Normalmente, uma franquia tem um modelo consolidado e aprovado pela experiência no mercado. Se o empreendedor não concorda com as regras estabelecidas pela franqueadora, o ideal é não fazer negócio. Para que a franquia realmente dê certo é necessário que o empresário acredite nas regras da franquia e as coloque em prática sem dúvidas.

Não pesquisar o mercado 

Alguns empreendedores se deixam impressionar e, por comodismo, acabam não pesquisando muito antes de fechar um negócio. Sem analisar o mercado, não é possível ter parâmetros para comparar o discurso, as vantagens e as desvantagens de cada marca. Por isso, os especialistas recomendam que os candidatos a um negócio analisem pelo menos duas franquias do mesmo segmento antes de fechar negócio com alguma delas.

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...