abro-ou-nao-uma-franquia

Abro ou Não Uma Franquia?

Categoria: 

Sem dúvidas o mercado de franquias é um dos mais promissores no Brasil já há um bom tempo. Os últimos resultados das pesquisas mostram que as franquias têm crescido mesmo em crise e que a tendência é que isso só melhore.

Contudo, não podemos ignorar o fato que quando algo está indo de vento em poupa, sempre surge um ou outro querendo tirar vantagem sem oferecer nada sólido. Com as franquias, funciona do mesmo jeito.

Por isso, é preciso ter cuidado dobrado e sempre investigar muito bem o franqueador e o próprio modelo de negócio oferecido. Nessas horas o jeito é desconfiar de todas as informações de todas as franquias, sem exceção!

Mas, ao mesmo tempo, é preciso entender que nem todos são desonestos! E que para descobrir quem está dizendo a verdade, será necessário pesquisar bem e conferir cada palavra.

A grande vantagem das franquias, quando comparadas com outros negócios, é que as informações são obrigatoriamente fornecidas para que você possa investigar e avaliar antes de investir.

Confira quais passos tomar antes de fechar um negócio com uma franquia:

 

1 – O primeiro passo é procurar informações sobre faturamento através da internet, revistas ou outros meios. Lembre-se que o objetivo da divulgação desses dados é apenas atrair ou informar preliminarmente candidatos.

2 - O próximo passo é procurar o franqueador, com quem poderá ter as explicações sobre como aquele faturamento ocorre, e em que condições. Também peça a COF, a Circular de Oferta de Franquias, que certamente terá todas estas informações, e já aproveite para comparar aquilo que lhe foi dito com aquilo que está escrito.

3 – Depois de conferir e avaliar as informações que você recebeu é hora de conversar com pelo menos dois franqueados novos, com até dois anos no negócio, e com outros dois mais experientes, com mais de dois anos na operação. Também seria ideal entrar em contato com aqueles que saíram do negócio (a listagem completa de todos eles deve estar na COF) e colher os motivos que os levaram a tomar essa decisão.

4 – O último passo: tire o peso emocional das informações, especialmente daqueles ex-franqueados, e concentre sua avaliação nas informações objetivas e, em especial, naquelas que respondem as suas dúvidas e ansiedades. Busque fazer uma análise racional de tudo que você ouviu, observou e leu. Então, faça uma análise das suas próprias capacidades. Dessa forma você conseguirá tomar uma decisão objetiva sobre se deve ou não fechar o negócio.

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...