5-erros-comuns-novos-empreendedores

5 Erros Comuns Entre Novos Empreendedores

Categoria: 

Novos empreendedores costumam cometer erros que podem ser cruciais para que eles alcancem o sucesso de seus negócios. Confira algumas dicas para evitar estes problemas tão comuns para quem está começando seu empreendimento:

  1. Falta de planejamento – Muitos empreendedores dão início a um negócio sem fazer um estudo de mercado. Ter um conhecimento profundo do segmento em que pretende atuar é o primeiro passo para traçar metas e objetivos claros de crescimento. É necessário elaborar um plano de negócios para saber que caminho trilhar e evitar problemas. Você pode aprender a desenvolver sua estratégia na própria página do SEBRAE.
  2. Desconhecer seu público-alvo – Para dar certo no segmento em que planeja atuar, novos empreendedores precisam conhecer a fundo seu público-alvo. O que eles desejam? Com o que planejam gastar? Lembre-se que o perfil de um consumidor da classe B pode ser diferente da classe A ou D. Você precisa conhecer bem o seu público para não errar.
  3. Ignorar o capital de giro – Qual é o prazo médio para um empreendimento se pagar e começar a gerar lucro? Este tempo pode variar de seis meses a dois anos, dependendo do segmento.  O problema é que muitos empresários de primeira viagem ignoram a necessidade do capital de giro para o desenvolvimento do negócio. Não é possível faturar logo de cara. É preciso se planejar para não falir.
  4. Esquecer das taxas – Por falar em capital de giro, é fundamental que o empreendedor tenha em mente também que precisará desembolsar uma boa quantia em impostos, como INSS e PIS. Especialistas recomendam: não espere o negócio deslanchar para regularizá-lo. Começar legalmente é um passo importante para o sucesso do seu empreendimento. Levante os valores das taxas que precisa pagar – se preferir, contrate uma empresa de contabilidade.
  5. Pensar Que Empreender É Trabalhar Menos – Muitos brasileiros acreditam que ser o dono do próprio negócio significa trabalhar menos e poder contar com regalias que os funcionários não têm.  É um erro: empreendedores trabalham mais, não têm férias ou 13º e precisam lidar com preocupações que muitas vezes um funcionário não tem. Você está realmente disposto a vivenciar tudo isso?

Compartilhar

Comentários

Quem sou eu?

fred-abrahao

Graduado em Direito pela UNIFRAN, o empresário abriu seu primeiro negócio aos 19 anos. Com o know-how e determinação de quem começou cedo no mundo dos negócios, em 2007 criou a Direito de Ouvir e em 2016, a Seu Gado, empresas inovadoras em seus segmentos no Brasil.

Leia mais...